DRE, Receita, Custos Fixos e Custos Variáveis (parte 2)

13 de julho de 2008

CONTEÚDO

RECEITA BRUTA E RECEITA LÍQUIDA

As receitas podem sofrer descontos, de modo que temos assim a receita bruta e a receita líquida. A receita bruta é o valor total das vendas, obtido pela soma dos valores das notas fiscais de venda da empresa, o faturamento. Alguns descontos comuns que incidem sobre a receita são: comissões sobre vendas, impostos sobre o faturamento e descontos comerciais, entre outros. A receita líquida é a diferença entre a receita bruta e os descontos.

Segue abaixo um exemplo de DRE com descontos sobre as receitas.

PÉ NO BREQUE S.A. - DRE jun/2008 (R$)
receita bruta 75.000,00
(-) impostos diretos (15.000,00)
(-) descontos comerciais (2.500,00)
(-) comissões sobre vendas (7.500,00)
(=) receita líquida 50.000,00
(-) CPV (20.000,00)
(-) despesas (10.000,00
(=) LAIR 20.000,00
(-) IR (8.000,00)
(=) Lucro líquido 12.000,00

Neste caso, a Pé no Breque S.A. teve um total de vendas em jun/08 de R$ 75.000,00. Porém, antes de lançar as saídas de caixa com custos de produção e despesas, são lançados descontos que incidem diretamente sobre a receita.

Os impostos diretos foram descontados utilizando neste caso uma alíquota de 20% sobre a receita. A Legislação Tributária é bem complexa, mas nos exercícios de introdução os professores normalmente utilizam uma alíquota padrão para esse tipo de impostos. Em seguida, foram lançados os descontos comerciais, que são descontos concedidos no momento em que a venda é fechada, por exemplo descontos para clientes especiais ou para pagamentos à vista. O outro desconto que aparece nessa DRE são as comissões sobre vendas, muito utilizadas em comércio e restaurantes para estimular a produtividade dos vendedores e consequentemente o volume de vendas.

EXEMPLO DE MONTAGEM DA DRE

Certo comércio revende dois tipos de perfume e dois tipos de shampoo. O quadro abaixo mostra os preços e as quantidades vendidas durante o mês de junho/2008.

vendas junho/2008
produto preço compra preço venda qtde vendida
perfume 1 R$ 10,00 R$ 25,00 400
perfume 2 R$ 50,00 R$ 80,00 120
shampoo 1 R$ 10,00 R$ 20,00 240
shampoo 2 R$ 20,00 R$ 35,00 160

Os vendedores têm direito a uma comissão de 5% sobre as vendas e os impostos diretos são de 25% sobre as vendas. O aluguel mensal do ponto é de R$ 600,00 e a folha de pagamento mensal é de R$ 2.500,00. A alíquota de imposto de renda é de 40%.

Como fica a DRE desse comércio no mês de junho/2008?

Começamos pela receita. A receita bruta é calculada pela soma das receitas individuais de cada produto (R = p x q), como explicado na parte 1 deste artigo. A tabela a seguir resume o cálculo da receita bruta.

receita junho/2008
produto receita (R$)
perfume 1 10.000,00
perfume 2 9.600,00
shampoo 1 4.800,00
shampoo 2 5.600,00
receita bruta 30.000,00

Passamos para as deduções da receita. Neste exemplo temos duas deduções: as comissões e os impostos. Se a receita bruta é de R$ 30.000,00 e as comissões são 5% das vendas, o valor das comissões é 0,05 x 30.000,00 = R$ 1.500,00. Já os impostos representam 25% das vendas, portanto impostos = 0,25 x 30.000,00 = R$ 7.500,00.

Agora, o Custo das Mercadorias Vendidas (CMV). Este é normalmente o item de cálculo mais complexo na DRE. A disciplina de contabilidade de custos explora técnicas para esse cálculo em diversas situações possíveis. Como o foco é a DRE de um modo geral, simplificamos assumindo que os produtos são vendidos sob encomenda, portanto o comércio só compra depois de ter o pedido, de modo a não ter estoque. Deste modo, o CMV é calculado fazendo simplesmente o custo de aquisição dos produtos vendidos, de modo semelhante ao feito na receita, porém utilizando o preço de compra ao invés do preço de venda.

A tabela a seguir resume o cálculo do CMV.

CMV junho/2008
produto custo aquis (R$)
perfume 1 4.000,00
perfume 2 6.000,00
shampoo 1 2.400,00
shampoo 2 3.200,00
CMV 15.600,00

Temos duas despesas neste caso: o aluguel de R$ 600,00 e a folha de pagamento de R$ 2500,00. Portanto, as despesas somam R$ 3.100,00.

A tabela abaixo mostra a DRE até o LAIR - Lucro antes do Imposto de Renda.


DRE junho/2008 (R$)
receita bruta 30.000,00
(-) impostos diretos (7.500,00)
(-) comissões sobre vendas (1.500,00)
(=) receita líquida 21.000,00
(-) CMV (15.600,00)
(-) despesas (3.100,00
(=) LAIR 2.300,00

Por fim, temos o imposto de renda (IR). A base de cálculo do IR é o LAIR, sendo a alíquota, neste caso, de 40%. Portanto, o valor do IR é 0,40 x 2.300,00 = R$ 920,00.

A DRE completa é mostrada abaixo.

DRE junho/2008 (R$)
receita bruta 30.000,00
(-) impostos diretos (7.500,00)
(-) comissões sobre vendas (1.500,00)
(=) receita líquida 21.000,00
(-) CMV (15.600,00)
(-) despesas (3.100,00)
(=) LAIR 2.300,00
(-) IR (920,00)
(=) lucro líquido 1.380,00